Resenha: Belgravia (Julian Fellowes)

★ ★ ★ ☆ ☆  
Autor: Julian Fellowes
Editora: Intrínseca
Publicação: 2016

Se você é fã de romances de época que envolve muito a aristocracia inglesa, cheia de intrigas, traições e paixões, é fã e ou já assistiu a série Downton Abbey, o livro Belgravia de Julian Fellowes talvez seja uma leitura que lhe agrade bastante. Porém, devo avisar logo de cara para não criar muitas expectativas com este livro, mesmo tendo sido escrito por Julian Fellowes de uma maneira bem inteligente.


Enredo

O começo da história do livro se passa em junho de 1815 no baile da Duquesa de Richmond em Bruxelas e uma família de comerciantes, os Trenchards, foi chamada para esse baile de gala que não era da posição social, apesar de que James Trenchard estava começando a fazer riqueza. Porém foram persuadidos por sua filha, Sophia Trenchard que estava apaixonada por um sujeito de posição bem mais alta que a sua, o Lorde Bellasis que também estava apaixonado por Sophia e pediu que sua tia, a Duquesa de Richmond mandasse um convite do baile para os Trenchards para que sua amada pudesse comparecer também. Porém quando os Trenchards chegaram lá, foram recebidos com olhares bastante desconfiados e de repulsa, porque as famílias que estavam presentes no baile eram realmente muito ricas e não queriam ser vistas ou ter qualquer tipo de relação com uma família de comerciantes. E James Trenchard não apenas era comerciante, como também a pessoa que tomava conta do regimento que distribuía suprimentos para os soldados, pois a Inglaterra estava em guerra com a França.

Se você conhece um pouco ou gosta de História, deve saber que em junho de 1815 foi travada a famosa Batalha de Waterloo. Batalha esta em que os soldados ingleses conseguiram expulsar as tropas de Napoleão, assim como ele próprio, das terras que na época eram britânicas. E Julian Fellowes aproveitou desse momento histórico para começar sua história, como muitas outras, sobre a aristocracia inglesa. Durante o baile da Duquesa de Richmond, muitas pessoas estavam tensas porque estava surgindo boatos de que Napoleão estava se aproximando da baía de Waterloo e lá já estava soldados a postos para defender seu país que ficava mandando mensagens, através de um mensageiro, pois muitos homens que estavam no baile que eram filhos de condes, lordes, do mais alto escalão da sociedade britânica, também eram soldados e generais que precisavam ficar a postos caso Napoleão tenha sucesso em invadir a baía. E foi isso o que aconteceu. Os franceses invadiram a baía de Waterloo e muitos homens que estavam no baile tiveram que ir defender o seu país ainda em seus trajes de gala e a maioria acabou morrendo em batalha, inclusive o Lorde Bellasis.

Também durante o baile, aconteceu algo que foi guardado um segredo sobre isso e a história da um pulo temporal passando 25 anos depois aos acontecimentos do famoso baile da Duquesa de Richmond. Os Trenchards conseguiram chegar numa posição social de respeito, pois James Trenchard conseguiu fazer riqueza na área de construção, construído casas e bairros famosos de Londres como a Belgrave Square. E é nesse bairro com casas e jardins belíssimos que só mora a elite de Londres que o resto da história acontece e onde um grande segredo de 25 anos atrás vem a tona podendo causar um grande escândalo.

Para quem tem coração puro, todas as coisas são puras. Você não tem inclinação para intrigas, por isso não suspeitei disso nos outros.


Minha Opinião

Criado primeiramente em forma de “folhetins virtuais” em 11 capítulos lançados semanalmente no próprio site do autor, Belgravia possui uma história que pode ser considerada simples. Porém, cheia de intrigas entre famílias aristocratas e familiares entre si, mas ao mesmo tempo também não é tão intrigante.

Assim como em Downton Abbey—- série de TV britânica criada e produzida também pelo autor, Julian Fellowes, a história do livro é focada tanto no cotidiano das duas famílias, os Trenchards e os Brockenhurst e os criados dessas duas famílias. Apesar de que o cotidiano dos criados no livro não é tão presente assim como em Downton Abbey.

O fato do livro ter poucos capítulos, sendo alguns deles pequenos e outros médios, a leitura dele é bem rápida. Com uma fluidez que achei muito boa, escrita impecável e sem ter a necessidade de uso de “palavras difíceis” apesar de ser um romance de época.

A história me impressionou, mas de uma maneira geral, também me decepcionou. O leitor já descobre logo de cara qual é “o grande segredo” capaz de fazer surgir “um escândalo” que acabou não acontecendo. Porém o segredo é algo oculto apenas para alguns personagens da história, de modo que o leitor se interessa em continuar a ler o livro apenas para ver o desfecho do “no que isso irá resultar?”. Ao meu ver, a ideia da história do livro é muito boa, o enredo também é muito bom, mas não tem nada de surpreendente. Não sei se irei lê-lo uma segunda vez, apesar de ter gostado.


Sobre o autor

Julian Alexander Kitchener-Fellowes, Barão Fellowes de West Stafford DL, nasceu no dia 17 de Agosto de 1949, é um ator inglês, novelista/escritor, diretor e roteirista. Foi primeiramente conhecido pelos seus livros best-seller pelo Reino Unido e por ter ganhado o Oscar de Melhor Roteiro Original pelo filme Gosford Park em 2002. Também trabalhou como criador, escritor, produtor executivo da série Downton Abbey que ganhou vários prêmios, incluindo Emmy, BAFTA e Globo de Ouro.

Por causa de sua descendência aristocrática por parte de mãe, seus livros, filmes e seriados são inspirados na aristocracia inglesa. Julian Fellowes escreveu Belgravia primeiramente em seu website, com 11 capítulos publicados semanalmente. Acompanhados com textos e audiobooks especiais. O website pode ser conferido aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s